Estudar fora: 5 motivos para estudar no exterior

Dicas preciosas para você que deseja morar fora do Brasil

Fala, pessoal! Tudo certo com vocês? A partir de hoje, iniciaremos uma série de vídeos sobre estudar fora do Brasil com o quadro Educação no Exterior. O objetivo é trazer dicas e te motivar a buscar conhecimento e experiências internacionais. Resumindo, trarei as minhas experiências e, com base nelas, vou te orientar sobre os principais destinos escolhidos pelos brasileiros. Claro que vamos falar sobre como conseguir recursos para estudar fora, cursos mais procurados no exterior, entre outros assuntos muito pertinentes.

Neste primeiro vídeo (link está abaixo) te apresento 5 (cinco) motivos simples para você pensar com carinho em estudar fora do Brasil. Estaremos juntos nesta jornada. Tenha certeza que estarei te apresentando o que existe de mais novo e útil. E mais, construiremos as pontes para que você transforme o sonho em realidade.

De acordo com as vivências que tive em outras cidades e países, tenho certeza que me tornei uma pessoa melhor e, mais do que isso, um profissional capacitado e preparado. Afinal, estudar fora e estar em contato com outros idiomas, pessoas e visões abre nossa cabeça e nos dá experiência de mundo para lidar com diferentes situações.

Por isso, quem está buscando, pesquisando e se preparando para se aventurar e mergulhar de cabeça em uma outra cultura, te proponho conhecer esse conteúdo e embarcar comigo nessa viagem.

Logo, tentarei ser uma espécie de mapa para que definitivamente você possa colocar a mochila nas costas e explorar novas oportunidades.

Aperta o cintos! Vamos em frente?

5 motivos para estudar fora do Brasil

Agora, conheça os motivos que podem te levar a querer estudar fora e ter experiências na educação ou profissionalmente em um outro país:

  1. Crescimento Pessoal: Conhecer a si mesmo, se virar sozinho, ganhar independência, amadurecer;
  2. Currículo internacional: abrirá portas para empresas do mundo todo, será muito avaliado por esse empenho de ter vivido no Exterior;
  3. Diploma internacional: Com o novo diploma, sem dúvidas as instituições de ensino e empresas, vão passar a te valorizar mais.
  4. Relacionamento com outras culturas, países e pessoas;
  5. Aprenda novos idiomas: A maioria do cursos são realizados inglês. Em contato com pessoas de todo mundo, é possível melhorar fluência e a desenvoltura na comunicação.

E tem mais conteúdo! Especificamente, entre o ano de 2018 e 2019, eu fiz uma série de vídeos em meu canal no quadro “Estude em Portugal”. Por lá, eu pude falar sobre custo de vida, visto de estudante, além de trazer entrevistas e tirar dúvidas sobre as possibilidade, facilidades e dificuldades em estudar fora. Confere abaixo um desses vídeos e, se o seu destino ainda for Lisboa, fique tranquilo! No Educação no Exterior vamos falar mais sobre a capital portuguesa e muito mais.

Que tal estudar em Portugal?

Se você desejar conhecer um pouco mais sobre a experiência de viver fora do Brasil temos um material muito bom para te ajudar. O E-book “Vamos estudar em Portugal?” te ajuda com um passo a passo para realizar estudos em terras lusitanas. Clique aqui neste link e saiba mais!

Leitura para crescermos juntos

O livro “Estuda que a vida muda” do Alex Oliveira pode ser um grande combustível para te impulsionar nesta jornada. Basicamente ele através de uma leitura simples e direta te apresentará pontos de sabotagem, por exemplo. Te mostrará como se preparar física e mentalmente sem esquecer da organização financeira para seu objetivo.

Clique no link ao lado e adquira já o seu exemplar.

Participe do nosso debate

Se você gostou das dicas, encaminhe para seus amigos, colegas de trabalho, familiares. Essa sua contribuição fará com que possamos continuar seguindo firme na construção de conteúdos de qualidade.

Te convido também a seguir minhas redes sociais. Você poderá me encontrar no Youtube, LinkedIN, Facebook e Instagram.

Um forte abraço e #VamosEmFrente!

No comments
Share:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *